terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Um Especial de Natal da Super Ane


"Natal é época de presentear as pessoas com sinceridade, amor, carinho, com palavras de sabedoria que possam abrir os olhos daqueles que ainda não conseguem ver a beleza dessa data tão especial"

ESPECIAL DE NATAL DA SUPER ANE

  • Artigos de Natal


  • Dicas de presentes de Natal 


  • Músicas Natalinas


  • Receitas de Natal


  • Receitas de Natal Light


  • Símbolos do Natal


  • Sobremesas de Natal


  • Sobremesas de Natal Light



  • Desejos de um maravilhoso Natal e muita, mas muita alegria no ano de 2010!

    domingo, 11 de outubro de 2009

    Comer Fibras Pode Ajudar a Emagrecer


    "Em busca de uma alimentação saudável e do combate a obesidade, estudiosos da área de nutrição e vários médicos desenvolveram pesquisas em sociedades pouco industrializadas, com alimentação rica em fibras, e descobriram a ausência de obesidade nestas sociedades. A partir daí, o poder emagrecedor das fibras vem ganhando força e fama".

    Introdução

    A explicação para isso é extremamente simples: ao ingerirmos cereais, leguminosas, arroz, batatas, raízes e frutas, diminuímos, como conseqüência, o consumo de carnes, gorduras e açúcares - o que já seria um fator importantíssimo para manter o peso.

    Neste caso, as fibras desempenham também outro papel: regulam a assimilação de gorduras e açúcares no organismo, pois aprisionamos moléculas de gordura e colesterol presentes em nosso sangue.

    As fibras proporcionam um grande efeito de saciedade. "Comer fibras dá a sensação de que estamos com o estômago cheio". Isto, porque, no estômago, as fibras incham como esponjas e algumas delas, como farelo de trigo, por exemplo, podem reter quatro vezes seu peso em líquido.

    Por isso, comemos menos e temos fome menos rapidamente, pois elas permanecem no estômago durante um bom tempo depois de ingeridas. No final da digestão, desencadeiam outro saudável processo: aceleram os movimentos do intestino, evitando a prisão de ventre.

    Existem também outras vantagens. Como as fibras estão presentes em alimentos de consistência mais dura, é preciso mastigá-los muito bem. Pois são exatamente a mastigação e a deglutição que enviam ao cérebro os primeiros sinais de saciedade.

    Assim, além de comermos mais devagar - o que é ótimo para uma boa digestão - também ficamos satisfeitos mais depressa.

    Apesar de todos esses benefícios, no entanto, não é aconselhável entrar de cabeça numa dieta composta apenas por fibras. Em primeiro lugar, porque nenhum alimento tem isoladamente a capacidade de fazer emagrecer.

    Em segundo, porque comer alimentos fibrosos pode acabar dilatando o estômago, em função do efeito-esponja desenvolvido pelas fibras. Depois de algum tempo, teremos necessidade de comer mais do que antes, o que eliminaria qualquer efeito positivo de uma dieta emagrecedora. Por último: alguns tipos de fibras freiam a assimilação de cálcio e das vitaminas A, D, E e K.

    Para obter das fibras tudo o que elas podem trazer de bom, é preciso saber ingeri-las. Integradas numa dieta pobre em calorias, elas certamente vão ajudar a controlar o peso.

    Mas não esqueça que se você preparar alimentos que contêm fibras de maneira inadequada - fritos ou acompanhados de queijo, creme de leite ou manteiga - vai aumentar sua cota de calorias e prejudicar a dieta. Introduzir o consumo e fibras, pouco a pouco, na alimentação diária é, portanto, a melhor medida para perder alguns quilos.

    Principais alimentos que contêm fibras e como utiliza-los corretamente em sua dieta

    Verduras e Legumes:
    Ricos em fibras, vitaminas e sais minerais. Prefira come-los cru, pois o cozimento abranda o poder das fibras. Ex.: acelga, couve, brócolis, espinafre.

    Leguminosas:
    São basicamente os grãos (feijão, ervilhas, lentilhas, grão-de-bico). Deixe de molho antes de cozinhar e não use produtos muito gordurosos, como toucinho, na hora de preparar.

    Cereais Integrais:
    Substitua o pão e arroz branco por integrais. No café da manhã, outras ótimas alternativas são os flocos de aveia, granola, Musli. Mas prefira os que têm pouco ou nenhum açúcar. Ex: milho, massas integrais.

    Frutas:
    Para aproveitar as fibras das frutas, coma-as com casca, semente e bagaço. Se fizer suco, não coe. Ex.: figo, damasco, abacaxi, morango.

    Farelo de Trigo:
    Um dos alimentos mais ricos em fibras. Misture-o ao iogurte, suco ou leite. Ou polvilhe sobre sopas, saladas e frutas.

    Carboidratos Benéficos:
    As fibras, substâncias próprias do reino vegetal, são encontradas no envoltório de cereais, verduras, leguminosas e frutas.

    Compõem-se principalmente de grandes moléculas de carboidratos complexos.

    Sua principal característica é a de não serem completamente digeridas pelo organismo humano. No estômago podem transformar-se numa espécie de gelatina que aumenta de volume (as chamadas solúveis) ou ajudam simplesmente a formar o bolo estomacal, atravessando o intestino intactas (insolúveis).

    A divisão em solúveis e insolúveis serve para distinguir outras características das fibras. Segundo estudos, os solúveis têm o poder de diminuir a assimilação dos açúcares e das gorduras pelo organismo. As chamadas insolúveis melhoram consideravelmente o trânsito intestinal.

    Trabalhos recentes mostram que as fibras têm também papel importante na diminuição do nível de colesterol. Além disso, retardam o aparecimento de divertículos do cólon intestinal e favorecem o controle dos diabetes.

    Os nutricionistas recomendam a ingestão de 1 grama de fibra para cada 100 calorias diárias, algo em torno de 20 gramas de fibra por dia.

    Alimentos e Fibras

    Veja o teor de fibras encontrados nas verduras, legumes, grãos, frutas e cereais:

    Verduras e Legumes

    1 prato de espinafre 18,50 g
    300 g de alho-poró 8,93 g
    1 prato de brócolis 8,00 g
    1 prato de cenouras 5,60 g
    1 prato de couve-bruxelas 5,60 g
    1 prato de repolho 5,40 g
    1 prato de acelga 5,30 g
    1 alcachofra 5,00 g
    1 prato de couve 4,60 g

    Cereais

    1 lata pequena de milho 8,50 g
    60 g de massas integrais 5,40 g
    60 g de Muslim 4,40 g
    50 g de pão integral 4,20 g
    60 g de arroz integral 2,00 g
    1 colher de café de farelo de trigo 2,00 g
    40 g de flocos de aveia 2,80 g
    60 g de massas normais 2,00 g
    50 g de baguete 1,30 g
    60 g de arroz branco 0,80 g

    Grãos

    1 prato de feijão 7,60 g
    1 prato de ervilha seca 6,90 g
    1 prato de grão-de-bico 6,80 g
    1 prato de lentilhas 3,50 g

    Frutas

    50 g de figos secos 9,10 g
    100 g de framboesas 7,40 g
    50 g de tâmaras 4,30 g
    10 g de damasco seco 4,00 g
    40 g de avelãs 3,60 g
    1 fatia de abacaxi 3,60 g
    1 abacate 3,30 g
    40 g de azeitonas pretas 3,20 g
    100 g de morangos 3,10 g
    1 maçã (com casca) 3,00 g
    150 g de ameixas 3,00 g

    Esclarecimentos

    A melhor opção é buscar a orientação de um médico ou especialista em nutrição antes de começar uma dieta baseada com fibras, somente estes profissionais podem fornecer uma dieta equilibrada.

    Fonte: Folha Online

    terça-feira, 22 de setembro de 2009

    Hidratante e filtro solar incorretos levam à acne em adultos


    O uso de produtos inadequados está estendendo aos adultos uma queixa comum na adolescência. A acne, geralmente vinculada ao descontrole hormonal e de oleosidade dos jovens, também tem sido provocada por hidratantes e protetores solares nas peles mais maduras.

    "Esses produtos podem induzir à acne medicamentosa, mantendo o problema em uma faixa etária em que não deveria mais existir", afirma Omar Lupi, presidente da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia).

    A famosa espinha é o problema de pele mais citado pelos brasileiros, segundo pesquisa do projeto DermaBrasil, divulgada hoje. Das 1.500 pessoas ouvidas em 11 cidades brasileiras, 56,4% afirmaram que têm ou já tiveram espinhas.

    Segundo Lupi, boa parte dos casos pode ser explicada por outros dados da pesquisa que refletem a autoindicação de produtos. Das pessoas que usam filtro solar, apenas 18,4% o fazem com indicação médica. E o percentual é bem menor para hidratantes corporais (4,1%) e hidratantes faciais (6,9%).

    "Quem se automedica para filtro solar pensa no preço, mas é preciso que o produto seja adequado à pele --e não é apenas uma questão de cor", diz o dermatologista. A oleosidade do produto, que pode ser em creme, loção ou gel, deve ser considerada, assim como o fator de proteção. "Os fatores mais altos tendem a ser mais oleosos."

    Proteção diária

    A pesquisa, parceria da SBD com a TheraSkin, mostrou ainda que 38,4% dos brasileiros usam protetor solar --13% o fazem diariamente.

    "O número não é ruim. Mesmo nos países mais desenvolvidos o uso correto não é feito", considera Lupi.

    O Rio de Janeiro e a região Nordeste são os campeões do uso esporádico. Entre os adeptos dos filtros solares, 71,7% e 64,4%, respectivamente, só passam o produto quando vão à praia e piscina ou em dias de muito sol.

    Em todo o país, o fator de proteção 30 é o preferido, eleito por quase metade (48,6%) dos usuários de filtro.

    Fonte: Folha Online

    Escolas terão de tocar Hino Nacional uma vez por semana


    A partir de hoje, as escolas de ensino fundamental públicas e privadas de todo o país passam a ser obrigadas a executar uma vez por semana o Hino Nacional. A lei, de autoria do deputado Lincoln Portela (PR-MG), foi sancionada ontem (21) pelo vice-presidente no exercício da Presidência, José Alencar.

    A lei não prevê data e horário para a execução do hino, ficando a critério dos estabelecimentos de ensino. O projeto também não prevê punição a quem não cumprir a lei.

    Tramitam em várias Assembleias Legislativas e Câmaras do país projeto de lei estabelecendo a obrigatoriedade. Com a sanção presidencial, a obrigatoriedade passa a valer automaticamente, sem necessidade de estar prevista em legislações estaduais ou municipais.

    Na cidade do Rio de Janeiro, por exemplo, uma resolução obrigando à execução do Hino Nacional foi publicada pela prefeitura em junho deste ano.

    Em 1936, o governo Getúlio Vargas determinou pela primeira vez a obrigatoriedade da execução do Hino Nacional nas escolas públicas e privadas de todo o país. Em 1971, durante o regime militar, passou a vigorar lei que trata dos símbolos nacionais, também obrigando à execução do hino nas escolas durante o hasteamento da bandeira, mas ela não definia a frequência com que ele deveria ser cantado pelos alunos.

    Com a sanção presidencial, à lei 5700/71 é acrescido parágrafo obrigando a que ocorra uma vez por semana. Havia outros projetos tratando da obrigatoriedade de execução do Hino Nacional tramitando no Congresso.

    Herói

    Alencar também sancionou lei inscrevendo o índio guarani gaúcho Sepé Tiaraju no Livro de Heróis da Pátria. Tiaraju nasceu em uma aldeia jesuíta dos Sete Povos das Missões, no RS, e tornou-se líder dos índios que atuaram contra as tropas luso-brasileira e espanhola na Guerra Guaranítica.

    Ele foi considerado santo popular e virou personagem lendário registrado na literatura brasileira no romance "O Tempo e o Vento", de Erico Veríssimo; e no poema épico "O Uraguay", de Basílio da Gama. A data de seu nascimento é desconhecida, mas ele morreu em 1756 em uma emboscada

    Entre os inscritos no Livro dos Heróis da Pátria estão Tiradentes, Zumbi dos Palmares e D. Pedro 1º, entre outros.

    Alencar sancionou as duas leis em sua casa, em São Paulo. O presidente interino segue em tratamento no Hospital Sírio-Libanês.

    Fonte: Folha Online

    terça-feira, 15 de setembro de 2009

    Obrigada Blogueiros


    Pessoal,
    Muito obrigada por estarem sempre me visitando, fico muito feliz de tê-los por perto, recebendo todo um carinho.

    As coisas estão muito corridas por aqui, mas em breve estarei respondendo a todos que deixaram recados, e agradecendo mais uma vez pela atenção para comigo.

    No site da Super Ane Kids sempre tem novidades, e vocês podem assistir a videos sobre educação,saúde, psicologia e até desenhos animados... Conto com a visita de vocês, ok?!



    Muito obrigada, e tenham uma ótima semana.

    Beijos, com carinho, Super Ane.

    segunda-feira, 14 de setembro de 2009

    Ensine as crianças a fazer as suas próprias e divertidas pizzas

    Cozinhar com as crianças é uma das melhores maneiras de estreitar os laços com elas. Conduzido da maneira adequada, este trabalho pode ser tornar uma estimulante brincadeira, que ainda pode ensinar os pequenos a contar, medir, pesar e compreender o tempo. Além disso, quem é que não gosta de receber elogios por ter preparado um prato saboroso?

    Esta é a proposta do "Meu Primeiro Livro de Culinária" (Publifolha, 2006), que traz cerca de 20 receitas divertidas e saudáveis, algumas tão simples que até crianças de 5 anos podem executá-las. Totalmente ilustrado com fotografias que detalham o passo a passo, a obra traz explicações extremamente simples e didáticas, permitindo uma fácil compreensão.

    Uma das receitas ensinadas, por exemplo, é a de pizzas. Os pequenos mestres-cucas poderão das asas à criatividade fazendo rostos e caretas com os ingredientes, além de garantir uma alimentação saudável e nutritiva.


    MASSA DE PIZZA

    Rendimento: 4 porções

    Você vai usar:

    - 1 tablete de fermento biológico
    - 1 colher (chá) de açúcar
    - 2 colheres (sopa) de óleo de oliva, e mais um pouco para untar
    - 250 ml (uma xícara) de água morna
    - 375 g de farinha de trigo, e mais um pouco para polvilhar
    - Sal e pimenta

    Como fazer...

    • Ponha o fermento em um pouco de água morna. Espere 10 minutos ou até espumar.
    • Peneire a farinha numa tigela e adicione o açúcar, o sal e a pimenta. Faça um buraco no meio.
    • Despeje o fermento, a água e o óleo no buraco. Use as mãos para misturar tudo.
    • Polvilhe farinha sobre uma superfície limpa e plana. Nela, sove a massa por 8 minutos, até ficar macia e elástica.
    • Unte uma tigela, coloque lá a massa e cubra com papel-filme. Deixe num local aquecido até ela dobrar de tamanho.
    • Fure a massa com um dedo. Se ficar um buraco, está pronto. Achate-a com socos e ponha numa superfície enfarinhada.

    RECHEIO DAS PIZZAS

    Rendimento: 4 porções

    Você vai usar:

    - Sua massa de pizza
    - Molho de tomate
    - Presunto cortado
    - 1 peito de frango cozido em pedaços
    - Azeitonas picadas
    - Pimentões
    - Salame
    - Cebolinha
    - Cogumelos
    - Manjericão
    - Tomates-cereja
    - Queijo ralado

    Como fazer...

    • Sove a massa de novo. Divida-a em quatro pedaços iguais. Abra cada pedaço em discos de 18 cm de diâmetro e coloque-os numa chapa para assar
    • Aqueça o forno em 220°C. Espalhe o molho de tomate em cada um dos discos.
    • Faça caretas nas pizzas com suas coberturas prediletas: nariz de tomate, olhos de azeitona, cabelos de pimentão ou o que você quiser.
    • Coloque frango, cebolinha cortada e pimentões para fazer uma pizza diferente.
    • Polvilhe queijo sobre todas as pizzas. Asse-as no forno por 12 minutos ou até ficarem borbulhantes. Fonte: Folha Online

    domingo, 6 de setembro de 2009

    Bom Feriado!!





    Bom Feriado!!

    Obrigada pelo carinho.

    Super Ane Kids

    sexta-feira, 4 de setembro de 2009

    Inclusão de crianças com Síndrome de Down


    A Síndrome de Down é vista a maioria das vezes como uma doença, porém especialistas explicam que não se trata de uma doença e sim de uma ocorrência genética natural e universal que está presente em todas as raças e classes sociais. O Portal da Educação, preocupado com esta questão, está oferecendo curso de Inclusão de Crianças com Síndrome de Down, tendo como principais objetivos, enfatizar o processo de desenvolvimento das crianças com Síndrome de Down, ressaltando as dificuldades de aprendizagem.

    O Curso pretende discutir conteúdos que englobam a história da Síndrome de Down, Proposta Educacional, Erros Educacionais, Puberdade e sexualidade, Inteligência linguística, Dificuldades Alimentares, Perspectivas atuais, entre outros assuntos.

    "Achei o curso muito bom e o material ótimo! O tema Síndrome de Down é apaixonante e vocês o deixaram maravilhoso.” Conclui Tatiana Vanessa Demozzi, Umuarama – PR.

    O curso tem início no dia 15 de agosto e vai até o dia 10 de novembro. Este curso é direcionado para profissionais de diversas áreas e também para estudantes que desejam obter mais informações sobre Inclusão de Crianças com Síndrome de Down. Após a conclusão do curso os alunos irão receber um certificado. Para mais informações acesse: www.portaleducacao.com.br.

    Fonte: Assessoria de Imprensa - Portal Educação

    quinta-feira, 3 de setembro de 2009

    Redução no tráfego pode melhorar saúde respiratórias das crianças, confirma estudo


    A adoção de estratégias para reduzir o tráfego de veículos nas grandes cidades, como o rodízio praticado em São Paulo, poderia ajudar a saúde pulmonar das crianças, principalmente daquelas com problemas respiratórios, indica pesquisa do Instituto Nacional do Coração e do Pulmão da Inglaterra. "Essas descobertas potencialmente oferecem diretrizes valiosas para outras cidades planejarem intervenções de larga escala no tráfego", destacaram os autores.

    Os pesquisadores avaliaram a função pulmonar de quase 1,4 mil crianças de seis a dez anos antes e após a adoção da Estratégia de Transporte de Oxford em 1999 – grande intervenção no tráfego para reduzir os congestionamentos, incluindo proibição de tráfego de veículos em algumas ruas. E observaram significativas melhoras nos testes de pico do fluxo expiratório dos participantes após a intervenção no trânsito.

    As análises mostraram que os mais beneficiados com a mudança foram as crianças com asma e aquelas cujos pais eram de uma classe social inferior – principalmente as que viviam em vias cujo tráfego sofreu maiores reduções. "Crianças com asma podem ser particularmente sensíveis à poluição do ar, enquanto é possível que fatores como nutrição ruim deixem as crianças menos abastadas mais vulneráveis aos efeitos respiratórios do ar poluído", explicaram os pesquisadores.

    De acordo com os especialistas, os resultados indicam que uma redução no tráfego está associada com melhor saúde respiratória das crianças. "Qualquer mudança é pequena, mas provavelmente valiosa quando aplicada a uma grande população".

    Fonte: Boa Saúde

    Distúrbios Dissociativos


    Livros, filmes e brincadeiras são divertidos porque permitem que você escape da realidade – e de si mesmo – por um certo período de tempo. À medida que a história se desenrola, você vai fazendo um balanço das experiências vividas pelos personagens para no final ser devolvido aqui, neste mundo, ainda mantendo um certo gostinho de aventura por ter ficado "temporariamente perdido em um universo paralelo".

    Pessoas que sofrem de Distúrbios Dissociativos "escapam" da realidade de modo involuntário e pouco saudável, perdendo a memória ou achando que são outra pessoa. Estes distúrbios costumam surgir como resposta a certos traumas, ansiedades ou lembranças muito dolorosas.

    Acredita-se que cerca de 7% da população mundial experimentam um episódio de Distúrbio Dissociativo durante sua vida.

    Existem 4 tipos principais de Distúrbios Dissociativos:

    • Amnésia Dissociativa;
    • Identidade Dissociativa;
    • Fuga Dissociativa;

    Despersonalização.

    Os sintomas comuns a todos os 4 tipos incluem:

    • Perda da memória (amnésia) relacionada a certos períodos, eventos ou pessoas;.
    • Distúrbios mentais, incluindo depressão e ansiedade.
    • Sensação de ser "tirado de si mesmo" (despersonalização).
    • Percepção de que as pessoas e coisas à sua volta estão distorcidas e pouco reais.
    • Confusão quanto à própria identidade.

    Pessoas que sofre de Amnésia Dissociativa apresentam uma perda de memória mais grave que o simples esquecimento. Este tipo de problema é muito comum após acidentes automobilísticos, por exemplo, onde a vítima não recorda os segundos ou minutos imediatamente anteriores ou posteriores à colisão.

    A Identidade Dissociativa, antigamente conhecida como Múltiplas Personalidades, caracteriza-se pela mudança entre uma identidade e outra quando a pessoa afetada está sob estresse. Cada uma destas identidades possui seu próprio nome, características físicas, tom de voz e maneirismos. Pessoas com identidade Dissociativa também costumam sofrer de Amnésia Dissociativa.

    Na Fuga Dissociativa, as pessoas colocam uma distância real entre si mesmas e sua identidade. Por exemplo: ela pode sair de repente de casa e viajar para um lugar distante, esquecendo-se de quem é e adotando uma nova personalidade no seu local de destino. A fuga pode durar poucas horas ou vários meses, e termina tão abruptamente quanto começou.

    Finalmente, a Despersonalização se caracteriza pela sensação súbita de estar fora do próprio corpo, observando as próprias ações como quem assiste a um filme em câmera lenta. A crise pode ser acompanhada por uma percepção distorcida do tamanho e formato das coisas ao seu redor e de si próprio. Os sintomas costumam durar apenas alguns breves momentos, com crises repetidas ao longo dos anos.

    Os Distúrbios Dissociativos costumam se desenvolver como uma forma de adaptação a traumas muito severos, sendo particularmente comuns em crianças sujeitas a abusos sexuais, físicos ou emocionais, ou mesmo quando o ambiente em casa é tenso ou assustador.

    Os adultos raramente desenvolvem Distúrbios Dissociativos como reação a traumas.

    Se você ou alguém que você conhece apresenta períodos inexplicáveis de perda da memória ou sofre mudanças dramáticas de comportamento quando está sob estresse, procure um medico. Os Distúrbios Dissociativos podem ser tratados – e quanto mais cedo forem diagnosticados, maiores as chances de sucesso do tratamento.

    O médico irá diagnosticar a presença do Distúrbio Dissociativo através de perguntas-chave e da análise dos seus sintomas e antecedentes. Como parte da investigação, poderão ser solicitados alguns exames para excluir a possibilidade de certas doenças cerebrais e hormonais, privação do sono e intoxicações.

    Em certos casos, alguns especialistas recomendam o emprego de medicações e hipnose como ferramentas para ajudar no diagnóstico dos Distúrbios Dissociativos.

    As pessoas afetadas pelos Distúrbios Dissociativos apresentam um risco maior para várias complicações, incluindo:

    • Automutilação
    • Tentativas de suicídio
    • Disfunção sexual
    • Alcoolismo
    • Abuso de drogas
    • Depressão
    • Problemas no sono (incluindo pesadelos, insônia e sonambulismo)
    • Ansiedade excessiva
    • Problemas alimentares
    • Dores de cabeça intensa

    Os Distúrbios Dissociativos também podem causar dificuldades no relacionamento com outras pessoas e no trabalho. As pessoas afetadas apresentam dificuldade para lidar com o estresse emocional, e suas reações dissociativas podem prejudicar profundamente seu desempenho profissional ou conjugal.

    A psicoterapia é o principal recurso. Ela consiste, basicamente, em conversar sobre o problema, procurando compreender suas causar e como contorná-lo.

    A psicoterapia pode ser longa e dolorosa do ponto de vista emocional. Apesar disso, é bastante eficaz e costuma oferecer um enorme alívio para – ou mesmo curar – os Distúrbios Dissociativos.

    A hipnose pode ser útil em algumas pessoas, mas deve ser aplicada por profissionais especializados. Na Hipnose, as lembranças traumáticas podem apagadas ou substituídas, ou a pessoa pode receber um reforço emocional subconsciente para vencer o trauma.

    Fonte: Boa Saúde

    quinta-feira, 27 de agosto de 2009

    A importância de manter-se atualizado sobre vitaminas


    O ser humano precisa constantemente de vitaminas, pois são nutrientes importantes para a manutenção das funções do organismo. Para saber sobre cada vitamina e seus benefícios, o Portal Educação lança o curso de Atualidades em Vitaminas. O curso tem como objetivo atualizar o conhecimento quanto à utilização das vitaminas, identificar necessidades nutricionais, ingestão recomendada e doenças relacionadas à carência de vitaminas e ressaltar a importância da alimentação saudável através do consumo de alimentos ricos em vitaminas e minerais. Os interessados vão aprender o que são vitaminas, a classificação das vitaminas, as principais funções, entre outros assuntos relacionados às vitaminas.
    O curso tem carga horária de 60 horas e começa no dia 01/9 e termina no dia 30/9. Os interessados podem obter mais informações na página www.portaleducacao.com.br ou pelo telefone 0800 707 4520 (Ligação Gratuita).

    Fonte: Portal Educação - Assessoria de Imprensa

    domingo, 23 de agosto de 2009

    Super Ane Deseja Boa Semana!!


    Desejo a todos uma ótima semana, que todos vocês sejam a cada dia mais felizes, sempre contando com a Super Ane para quando precisarem.

    Logo colocarei os selinhos recebidos, os quais muito agradeço e terei a honra de divulgar.

    Obrigada pelas mensagens.

    Beijos da Super Ane

    quarta-feira, 19 de agosto de 2009

    Veja relatos de leitores sobre a volta às aulas durante a pandemia de gripe suína


    A opinião de cada pessoa tem relevância em momentos como este.
    Faça como os entrevistados pela Folha, deixe seu comentário também aqui e mostre a sua história para que todos possamos melhorar o ambiente.

    Beijos, Super Ane


    Universidades e escolas de diversos Estados retomaram às aulas nesta segunda-feira (17) após a prorrogação das férias. O início das aulas foi adiado para tentar conter o avanço da gripe suína --a gripe A (H1N1). No país, o número de mortes já chega a 384, segundo dados do Ministério da Saúde e das secretarias estaduais.

    No retorno, estudantes trocaram beijos e abraços, contrariando alertas das autoridades de saúde para evitar a doença. Colégios abriram portas e janelas e oferecem álcool em gel aos alunos.

    Veja alguns relatos enviados à Folha Online sobre o início das aulas no país em meio à pandemia da gripe suína:

    "Sou professora de educação infantil e mãe de adolescente e acho muita incoerência cancelar todos os eventos da cidade e retornar as aulas onde todos ficam mais expostos a H1N1. Porque não começar as aulas dia 1º de setembro. O Ministério da Educação esta cedendo as pressões de quem? Escolas particulares, pais que não se preocupam com os filhos? Estou indignada com essa atitude do governo"
    Carla Andrea Carvalho Santos, Uberlândia (MG)

    "Trabalho na mesma escola da professora Elisa Freitas e notei que a maioria dos alunos estão inseguros,bem como muitos professores, mas o Estado não nos preparou adequadamente para orientá-los. O risco da contaminação escolar fortalecer a corrente de disseminação da pandemia é eminente e, desprovidos das condições favoráveis para enfrentá-lo, a escola se apresenta como um local de vulnerabilidade real. Essa situação pede responsabilidade de todos os envolvidos"
    Professor Clóvis José Migotto, São José dos Campos (SP)

    "Seria mais prudente ter esperado mais um pouco pelo menos na região onde moro. Está chovendo desde segunda-feira e frio. Se as pessoas não pegarem o vírus da gripe A (H1N1) e bem provável que peguem uma boa gripe, pois o tempo chuvoso aumenta a possibilidade. Fica complicado ficar com tudo aberto na sala de aula, pois quando não e o vento, é a chuva molhando pelas janelas"
    Silvia Rodrigues Gonçalves, Jaguapitã (PR)

    "Os professores poderiam ter sido convocados antes do término do afastamento para orientações e para auxiliarem nas medidas. Não foram. Alunos com gripe entraram na escola e somente foram retirados já dentro da sala de aulas. Muito embora estejamos tratando de uma questão de saúde pública, a direção da escola prefere gastar o tempo de forma integral com assuntos secundários para esta circunstância"
    Cicero André de Castro Jardim, Presidente Prudente (SP)

    "Acho um completo absurdo a Secretaria de Educação de Niterói liberar as aulas para crianças de 3 e 4 anos em escolas regulares. As crianças se beijam e abraçam todo o tempo. Para elas isso é muito natural e apesar do professor lavar as mãozinhas dos alunos com sabonete líquido na entrada (não há álcool gel nas salas)"
    Vanessa, Niterói (RJ)

    "No primeiro dia de retorno às aulas, não mandei minha filha para a escola porque eu não sabia ao certo quais as precauções que foram tomadas. Ontem, dia 18/07, tive que mandá-la a escola, pois pensamos assim: a vida continua.... Na escola onde minha filha estuda, que é da rede estadual --onde nos banheiros não havia papel higiênico, toalhas de papel e nem ao menos sabonete para as crianças lavarem as mãos--, eles colocaram papel higiênico, toalhas de papel e sabão. Nas salas de aulas, onde as crianças se sentavam juntas, agora estão individuais. Há álcool gel na sala, mas eu mando um potinho pela minha filha, assim como lenço de papel também"
    Patrícia M de Araújo, São Paulo (SP)


    "No Colégio Solução (zona leste - Jd. Eliane) a volta às aulas foi tranquila, a escola estava equipada para atender as orientações da OMS, porém encontramos dificuldades com a utilização do álcool em gel. Apesar das orientações da equipe pedagógica, os alunos estavam enchendo copos descartáveis com o produto, desperdiçando-o".
    Daniela Maia, São Paulo (SP)

    "A escola possui um total de 2.000 alunos proveniente das diferentes regiões de São José dos Campos. Já temos oito alunos com suspeita de gripe. E é impossível não haver foco de contaminação, porque a escola não está devidamente equipada com aquilo que é essencial. Há muita desinformação".
    Elisa Pinheiro de Freitas, São José dos Campos (SP)

    "Pouco adiantou tanta divulgação e recomendação por parte dos órgãos públicos, como servidor público da educação, vejo ao meu lado muitos casos que crianças/adolescentes brincam com a realidade da doença, sejam tossindo um ao outro, ou contrariando a informação passada pelos docentes".
    João Carlos Andreotti Junior, São Paulo (SP)

    "Faço faculdade Metodista Izabela Hendrix, e foi uma das poucas faculdades que não adiou as aulas, o retorno foi dia 3 como já estava previsto. Porém, voltou tomando medidas de precaução como por exemplo bebedouros lacrados, limpeza em excesso, orientação aos estudantes"
    Michele, Belo Horizonte (MG)

    "Tenho um filho na creche municipal onde as crianças deverão a cada dia levar uma toalhinha para secar as mãos após lavar e passar álcool, sendo 1 toalha por dia"
    Adriana, Itapecerica da Serra (SP)

    "O Estado de São Paulo é uma vergonha! Salas lotadas, alunos praticamente encostados um no outro, professores desorientados, falta material, não tem papel toalha e muito menos sabonetes nos banheiros. Minha filha não retorna de jeito nenhum".
    Nadia Goes, Campinas (SP).

    "Sou Bibliotecária em uma Escola Católica. Cheguei ao colégio e vi um deserto. Ausência de vozes, sorrisos, brincadeiras e correrias. Um silêncio que me fez parar e ter vontade de gritar! Onde estão os meus alunos? A doença é tão cruel que nos impede de manifestar o amor. Não existe mais beijos nem abraços. A escola é alegria. Para mim hoje é uma tortura. Durante as férias preparei tantos livros para contar. Hoje os personagens das histórias choram junto comigo.Onde estão meus alunos?"
    Fabiola Gomes de Aquino Manhães Pessanh Layber, Campos dos Goytacazes (RJ)

    "Sou professora da rede estadual e, na minha escola temos nos virado como podemos. A diretora precisa fazer milagres. O único álcool que temos é o comum ( acho que 96º) e sabonete líquido no banheiro, mais nada. Falamos para os alunos sobre a importância da prevenção e nos vemos de mãos atadas. Muitos pais, inclusive, mandam seus filhos com gripe pra escola. Estamos nas mãos do homem lá de cima. Tenho levado álcool 70º da minha casa, pra tentar, pelo menos, dar uma chance para os meus alunos evitarem essa gripe.
    Será que nossos governantes estão preocupados com isso tudo?"
    Marcia Nunes, Mafra (SC)

    "Na escola particular que minhas filhas estudam, as crianças estão sendo orientadas a utilizar regularmente o álcool gel, que está disponível nos banheiros e corredores, assim como próximo à cantina. Também pedem que as crianças lavem as mãos e higienizem-se antes e depois de usar o parque. A limpeza da sala de aula tem sido feita regularmente usando-se o álcool nas mesas e cadeiras, e pano molhado com sabão no chão ao menos um dia sim, outro não. Também não permitem alunos gripados em sala de aula, tendo sido preparado dias e horários especiais para reposição nesses casos. Estou satisfeita com as medidas tomadas e tenho certeza de que minhas crianças estão seguras no ambiente escolar"
    Daniela Cristina Borges Leite

    Sintomas

    A gripe suína é uma doença respiratória causada pelo vírus influenza A, chamado de H1N1. Ele é transmitido de pessoa para pessoa e tem sintomas semelhantes aos da gripe comum, com febre superior a 38ºC, tosse, dor de cabeça intensa, dores musculares e nas articulações, irritação dos olhos e fluxo nasal.

    Para diagnosticar a infecção, uma amostra respiratória precisa ser coletada nos quatro ou cinco primeiros dias da doença, quando a pessoa infectada espalha vírus, e examinadas em laboratório.

    Os antigripais Tamiflu e Relenza, já utilizados contra a gripe aviária, são eficazes contra o vírus H1N1, segundo testes laboratoriais, e parecem ter dado resultado prático, de acordo com o CDC (Centros de Controle de Doenças dos Estados Unidos).

    Fonte: Folha Online

    Coloque superalimentos na refeição das crianças para aumentar a imunidade


    Os estudantes de instituições particulares, universidades e das redes estaduais e municipais que retornaram às aulas nesta segunda-feira (17), após a prorrogação das férias por causa da gripe A (H1N1), tiveram que se adequar às medidas preventivas instauradas nos locais --como distribuição de gel desinfetante e uso de copos descartáveis. Os alunos também receberam orientações e sugestões para fazer com que a alimentação seja uma aliada na prevenção da doença: beber bastante líquido e comer muitas frutas e verduras para aumentar a imunidade.

    Como as crianças muitas vezes fazem cara feia quando se deparam com um prato repleto de brócolis, cenouras ou alface, selecionamos receitas cheias de vitaminas, nutrientes e que "enchem os olhos" de pessoas de todas as idades.

    Com passo a passo simples e fácil, as saladas, os pratos e os sucos abaixo podem ser preparados pelas próprias crianças --com o auxílio dos adultos.

    TAÇA DE FRUTAS

    Rendimento: 4 porções

    Ingredientes

    :: 250 g de morangos maduros
    :: 125 g de cerejas em calda
    :: 125 g de amoras
    :: 4 colheres (sopa) de suco de laranja
    :: 275 g de iogurte natural
    :: 275 g de creme de leite
    :: 2 colheres (sopa) de mel ralo
    :: 2 colheres (sopa) de açúcar de confeiteiro (peneirado)

    Modo de Preparo

    1. Cozinhe o macarrão de acordo com as instruções da embalagem. Adicione os brócolis nos últimos 3 minutos.

    2. Desfie o frango cozido em pedaços do tamanho de um bocado. Retire os pedaços de pele, se houver.

    3. Fatie com cuidado as cebolinhas.

    4. Prepare o molho misturando o mel, o vinagre, o shoyu e o óleo de gergelim.

    5. Junte tudo: o macarrão, os brócolis, o frango, as cebolinhas, o milho verde e o tempero.

    6. Pode servir! Sua saladinha de macarrão já está pronta para comer.

    Sugestão do livro "Meu Primeiro Livro de Culinária", que contém receitas deliciosas, fáceis e divertidas para crianças de 5 a 8 anos.

    1. Lave todas as frutas, menos as cerejas, e reserve um punhado delas (serão usadas para decorar). Limpe e tire os cabinhos dos morangos e corte-os em quatro.

    2. Coloque o calda de laranja, o açúcar e metade das frutas no processador. Tampe bem e bata até formar um purê homogêneo.

    3. Peneire as frutas misturadas numa tigela para separar as sementes e a polpa. Use uma colher de pau para espremer bem as frutas.

    4. Com cuidado, misture o resto dos morangos, cerejas e amoras no purê de frutas com uma colher de metal (não coloque as frutas que você separou no início!).

    5. Bata levemente o creme numa tigela grande. Quando formar picos leves, estará pronto. Esse trabalho é bem mais fácil com uma batedeira elétrica.

    6. Junte o iogurte, o mel e metade da mistura de frutas ao creme. Coloque em copos e sirva na sobremesa.

    7. Decore o mesclado com as frutas que você separou no passo 1.

    Sugestão do livro "O Pequeno Mestre-Cuca", que traz 50 receitas passo a passo, com instruções claras e ilustradas, para crianças de 8 a 11 anos.

    CREME DOCE DE PEIXINHO

    Ingredientes

    :: 1 manga (ou 1 pêssego)
    :: Fatias de kiwi e maçã
    :: 150 g de iogurte ou coalhada
    :: Gotas de chocolate
    :: Gomos de tangerina
    :: 1 colher (chá) de mel

    Modo de preparo

    1. Primeiro divida a manga ao meio e corte a polpa em cubos. Com cuidado, vire a casca do avesso. Corte os cubos fora.

    2. Amasse a manga em uma tigela. Use um garfo ou um espremedor de batata para transformar a manga numa polpa macia.

    3. Misture a manga com o iogurte, ou a coalhada, e o mel para adoçar.

    4. Decore o patê com uma boca de tangerina, uma gota de chocolate para o olho e fatias de kiwi e maçã para o rabo e as barbatanas.

    5. Faça espetinhos enfiando pedaços de suas frutas favoritas. E mergulhe!

    Sugestão do livro "Meu Primeiro Livro de Culinária", que contém receitas deliciosas, fáceis e divertidas para crianças de 5 a 8 anos.

    SUCO DE MAÇÃ, DAMASCO E CANELA

    Ingredientes

    :: 4 maçãs cortadas em fatias grossas
    :: 3 damascos sem caroço cortados ao meio
    :: 1/2 colher (chá) de canela em pó

    Modo de preparo

    Passe a maçã e o damasco pela centrífuga alternadamente e mexa. Espalhe a canela por cima e beba em seguida.

    Sugestão do livro "100 Receitas de Saúde: Sucos e Vitaminas", que contém 100 combinações saborosas e saudáveis de frutas e legumes.

    LEGUMES COM CAMARÃO

    Esta salada é montada em camadas coloridas, o que a torna atraente e versátil. Embale num recipiente justo para manter a sua forma intacta durante o transporte.

    Ingredientes

    :: 40 g de alface-romana picada
    :: 55 g de feijão-branco cozido escorrido
    :: 1 cenoura ralada
    :: 6 fatias de pepino
    :: 3 colheres (sopa) de milho verde em conserva escorrido
    :: 100 g de camarão sem casca cozido

    Molho

    :: 1 colher (sopa) de azeite extravirgem
    :: 2 colheres (chá) de maionese
    :: 1/2 dente de alho amassado
    :: 1 colher (chá) de suco de limão-siciliano
    :: sal
    :: pimenta-do-reino

    Modo de preparo

    1. Misture os ingredientes do molho e guarde num recipiente pequeno até o uso.

    2. Monte os ingredientes da salada em camadas: verdura, feijão-branco, cenoura, pepino, milho verde e camarão. Tempere com o molho na hora de comer.

    Sugestão do livro "100 Receitas para Refeições Rápidas", que vem com 100 opções de pratos para serem levados ao trabalho, à escola e em passeios.

    SALADINHA DE MACARRÃO

    Ingredientes

    :: 175 g de brócolis
    :: 150 g de milho cozido
    :: 2 cebolinhas
    :: 2 peitos de frango cozidos
    :: 200 g de macarrão parafuso
    :: 4 colheres (sopa) de mel
    :: 2 colheres (sopa) de vinagre de arroz
    :: 2 colheres (sopa) de shoyu
    :: 1 colher (sopa_ de óleo de gergelim

    Modo de Preparo

    1. Cozinhe o macarrão de acordo com as instruções da embalagem. Adicione os brócolis nos últimos 3 minutos.

    2. Desfie o frango cozido em pedaços do tamanho de um bocado. Retire os pedaços de pele, se houver.

    3. Fatie com cuidado as cebolinhas.

    4. Prepare o molho misturando o mel, o vinagre, o shoyu e o óleo de gergelim.

    5. Junte tudo: o macarrão, os brócolis, o frango, as cebolinhas, o milho verde e o tempero.

    6. Pode servir! Sua saladinha de macarrão já está pronta para comer.

    Sugestão do livro "Meu Primeiro Livro de Culinária", que contém receitas deliciosas, fáceis e divertidas para crianças de 5 a 8 anos.

    Fonte: Folha Online



    segunda-feira, 17 de agosto de 2009

    Obrigada pelo Selinho Amanda


    Ganhei este Selinho da Amiga Amanda.
    Desejo Sucesso e Felicidades.
    http://amandeixom.blogspot.com


    A regrinha é:

    ♥ Dizer 6 coisinhas sobre você,

    ♥ Repassar o selo para 6 amigas

    ♥ E avisá-las.


    1- Adoro tudo que "engorda" rssss

    2- Sou perfeccionista, isso as vezes atrapalha...

    3- Gosto de ler revistas, sobre Psicologia, Saúde, Educação.

    4- Amo assitir filme com o meu noivo.

    5- Gosto de estudar Psicologia.

    6- Personalidade "forte"... não me deixo "dobrar" rsss


    Os Blogs escolhidos são:


    1- Adriana - adriuniversoinfantil.blogspot.com

    2- Eliane - http://alfabetizandoturmadamonica.blogspot.com

    3- Sandra - http://sandra-barreto.blogspot.com

    4- Renata - http://alfabetizandocomfantasia.blogspot.com

    5- Joelma - http://amigasdaedu.blogspot.com

    6- Lú Lopes - http://meustrabalhospedagogicos.blogspot.com


    Um grande abraço. Boa Semana!! Super Ane Kids

    http://superane.blogspot.com

    http://superane.com.br

    http://superane.com




    quarta-feira, 12 de agosto de 2009

    Obrigada pelo Selinho Sandra :)


    Ganhei este Selinho da minha Amiga Blogueira Sandra.
    Blog Especial http://aprenderesonhar.blogspot.com
    Obrigada e Desculpe pela demora em postar
    seu Selinho Mágico.
    Tive uns probleminhas técnicos.
    Agradeço desde já pela compreensão.
    Um grande abraço, Super Ane Kids.


    As regrinhas deste selinho são:

    - Exibir a imagem do selinho no blog;
    Linkar o blog doador, deixando um comentário para o mesmo;
    - Repassar para (no mínimo) dez amigas blogueiras;
    - Avisar aos blogs indicados;
    - Dizer 5 coisas que você adora na sua vida e por quê.


    A Super Ane Adora na Vida:

    1- Minha Família e Amigos ( em especial meu noivo Andre ) pq confio neles.

    2- Crianças


  • Homenagem as Crianças:

  • "CRIANÇAS - São por vocês, que comecei!!!
    É porque acredito que ainda possa existir um mundo melhor!
    São os seus sorrisos, brincadeiras, choros que me estimulam a persistir, a seguir em frente, a acreditar, a lutar!
    São por vocês, independente de onde estejam, qual a raça, cor, crença ou língua...
    Meu desejo é junto, com vocês, transformar este planeta, em um mundo bem melhor!!!"

    3 -Psicologia - Pq estou realizando um sonho que tenho desde criança, fazer Psicologia...

    4- Pedagogia - Pq sou Pedagoga com orgulho!!!


    5- Meu site
    www.superane.com.br e meu Blog http://superane.blogspot.com
    feito com amor e dedicação. Agradeço a toda Equipe da Super Ane Kids.


    Os Blogs TOP 10 da Super Ane são:

    1- Alexandra http://copiadonadacriadocip.blogspot.com
    2- Glauce http:// diariodaprofaglauce.blogspot.com
    3- Edilene http://criaresonhar.blogspot.com
    4- Joelma http://amigasdaedu.blogspot.com
    5- Patrícia Teodozio
    http://patyteotudoetudo.blogspot.com
    6- Maria http://lousascoisas.blogspot.com
    7- Patrícia http://patriciaeducadora.blogspot.com
    8- Profº Joaninha http://4serie-joaninha.blogspot.com
    9- Grasi http:// grasiela7282.blogspot.com
    10- Liza http://espacoeducar-liza.blogspotcom


    Um abraço para os TOP 10!
    Um beijo para os que não foram selecionados, mas fica minha admiração e respeito.
    Atenciosamente, Super Ane Kids :)


    Obrigada pelo Selinho Alexandra


    Ganhei este SELINHO da Alexandra.
    Obrigada pelo CARINHO!
    http://copiadonadacriadocip.blogspot.com
    Um grande abraço, Super Ane.

    O álcool em gel é mais eficaz do que lavar as mãos com água e sabão?

    Ambos são seguros na prevenção de doenças, como a gripe suína, mas são necessárias algumas recomendações para quem opta pelo álcool em gel

    Com recente aumento dos casos de gripe A no Brasil, provocada pelo vírus H1N1, a demanda pelo uso de álcool em gel para limpar as mãos cresceu muito. As farmácias de todo o país têm abastecido suas prateleiras com o produto, que também está sendo adotado em escolas, empresas, agências de turismo e até mesmo nas praças de alimentação de shopping centers. Os profissionais de saúde recomendam a higienização frequente das mãos como uma das principais formas de evitar o contágio da doença. Mas será que o álcool pode substituir o bom e velho sabão? "Tanto o sabonete comum quanto o álcool em gel são eficazes para a limpeza das mãos e podem evitar a contaminação pelo vírus da nova gripe e outras doenças, como diarréias - que em alguns casos podem provocar surtos em escolas e creches - e todas as enfermidades de transmissão respiratória, como a influenza”, afirma a médica Ana Freitas Ribeiro, diretora da Central de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo. Segundo ela, não há diferença de eficácia entre os dois métodos. “Entretanto, se houver sujidade aparente, é necessário lavar as mãos com água e sabão”, ressalta. Quem opta pelos sabonetes antissépticos têm ainda uma leve vantagem em relação aos comuns. "Eles apresentam ação residual, ou seja, permanecem ativos por mais tempo nas mãos”. Isso significa que a duração de proteção contra germes, vírus e bactérias é maior.

    ara quem opta pelo álcool, a médica indica que a concentração alcoólica do produto deve ser superior a 70% para matar bactérias e vírus. “Além disso, para a limpeza das mãos, deve ser utilizado o álcool em gel, que contém substâncias que evitam o ressecamento da pele. Assim, o líquido deve ser usado somente para a limpeza de superfícies”. De acordo com Ana Freitas, o produto também possui ação residual, como os sabonetes antissépticos, mas lembra que, mesmo assim, é necessário higienizar as mãos com frequência, principalmente após tossir, espirrar e ter contato com superfícies, onde o vírus da gripe pode permanecer vivo por até oito horas. “A higienização também é recomendada antes de comer e depois de usar banheiros”.


    Fonte: http://revistaescola.abril.com.br

    SE CUIDE COM A GRIPE!!! ABRAÇOS SUPER ANE

    sábado, 8 de agosto de 2009

    Especial Dia dos Pais


    Ser pai é como padecer no paraíso.

    Super Ane Kids : ESPECIAL DIA DOS PAIS

    Leia Artigos em Destaque Sobre o Dia dos Pais. Ele merece!!!

    Beijos da Super Ane

    Animal de estimação deve ser preparado para a chegada do bebê



    Quando a universitária Silvana Lima, 35, descobriu a gravidez, há oito meses, não sabia dos problemas que teria com Preto, seu cachorro SRD (sem raça definida) de oito anos, que, até então, era o único "filho" da casa. Prestes a ter o bebê, sofre com o comportamento estranho do animal, que, por vezes, pula em sua barriga, uiva quando escuta choro de criança, faz xixi pela casa inteira.

    No início da gestação, o animal chegou a morder a dona. Para a veterinária Rubia Burnier, especialista em comportamento animal, tal atitude revela o quão confuso o bicho está. "É muito difícil para o cão sentir que está perdendo espaço quando ele é o líder", diz. "Isso estimula uma mudança de comportamento que pode ser perigosa."

    Para o zootecnista Alexandre Rossi, a situação é administrável. "Se o novo momento for tratado com naturalidade e o cachorro, com respeito, tudo dará certo."

    Com os gatos é diferente. Rubia diz que os felinos são mais territoriais e menos dependentes. O que pode incomodá-los são o choro da criança e a movimentação da casa com o nascimento. "O comportamento dos gatos deve ser observado, diferente das atitudes dos cães, que merecem atenção especial", compara.

    Bem antes de engravidar, Silvana conheceu Preto em um episódio inusitado. Ao estacionar o carro, não percebeu que um cão de rua havia entrado nele. Isso já faz seis anos e, desde então, ela e o marido tratam o animal como uma criança. "Não tínhamos filhos e estávamos atrás de um cachorro. Quando Preto nos adotou, veio ser o reizinho do lar."

    A maternidade trouxe, além de desafios para a família, remanejo de ambientes na casa. Para a tristeza do cachorro, significou perda de espaço. Quando Letícia nascer, dormirá no antigo escritório que, agora, se tornou quarto da criança. Antes, era um dos lugares prediletos de Preto. "Ele só dormia lá", lamenta Silvana.

    O cão anda desnorteado com tantas mudanças. Com a troca de móveis de lugar, por exemplo, perdeu seus referenciais. "O vejo perdido dentro de casa e fico muito aflita", diz a dona. "Ele está sofrendo com a nova situação e não sei direito como ajudar."

    Rubia alerta para o perigo de tratar pets como filhos: "A relação é diferente. Podemos amá-los, mas temos que respeitá-los como animal". Segundo a especialista, é comum pessoas colocarem bichos no lugar de filhos. Quando o herdeiro chega, o antigo dono do pedaço entra em crise diante da natural diminuição da atenção antes dispensada a eles. "Já atendi cachorros que perderam todo o pelo quando a verdadeira criança da casa nasceu", diz a veterinária.

    Rossi também constata que o excesso de mimos atrapalha."Para o animal, é muito fácil ter ciúmes da criança, já que associará a ela a falta de regalias." O veterinário acompanhou o caso de um cão que atacou um bebê no rosto. A menina, de oito meses, passou por uma cirurgia plástica.

    A solução para evitar casos como esse não é desistir do animal. Os especialistas elencam medidas simples para preparar a família e o pet para o novo momento. Uma delas é, antes de a criança chegar, simular um passeio pela casa com carrinho de bebê, se possível, perfumado com o talco que a criança for usar. Isso ajuda no reconhecimento.

    Foi o que fez o administrador de empresas Jo Achim Liebert, 43, dono de Frida, uma SRD de cinco anos que, durante três, foi a princesinha do lar. Pai de Bruna, 3, e Júlia, 1, ele preparou o terreno para a chegada das meninas. "Quando Bruna nasceu, a primeira coisa que fiz foi levar a roupa dela para Frida cheirar."

    Além disso, Liebert assumiu o papel de líder que Frida via, até então, em sua mulher. Ao trocar de papéis, a cadela não se ressentiu com o fato de sua dona não ter mais tempo para as antigas atividades. Quando as meninas nasceram, já era ele quem a levava para passear e dava comida.

    A família Liebert também envolveu o animal em todos os momentos. "Como era tudo muito normal para nós, Frida encarou a mudança com tranquilidade. Ela não perdeu seus espaços e continuamos a tratá-la como se nada tivesse mudado."

    Um outra questão que se coloca é sanitária. Rubia diz que crianças que têm contato com animais domésticos desde o nascimento estão mais protegidas contra alergias. Adquirem anticorpos mais resistentes do que as que não têm cachorros.

    Para Rossi, não existe hora certa para expor a criança ao animal, isso depende do momento em que os pais estarão seguros para fazer a aproximação. "Muitas crianças começam a amar o cachorro da família desde o primeiro dia de vida."

    Dicas para preparar seu animal

    - Passear de carrinho pela casa, antes do nascimento do bebê, para que o animal entenda a futura rotina.

    - Simular banhos e amamentação para que o animal aprenda a respeitar, sem crise, tais momentos entre a mãe e o bebê.

    - Fazer com que o pet tenha bons momentos perto da criança da casa, dando comida e fazendo brincadeiras não apenas quando o bebê estiver longe.

    - Respeitar os espaços do animal, tentando não mudá-lo de ambiente, o que dá segurança e ajuda a administrar o ciúme.

    - Não deixar a criança, ainda engatinhando, chegar perto do animal quando ele estiver comendo ou bebendo água.

    - Envolver o pet e fazê-lo entender que ele faz parte da família, o que traz segurança e tranquilidade.

    - Vigiar sempre, pois o bicho, por mais dócil que seja, não deve ficar sozinho com uma criança pequena.

    Fonte: Rubia Burnier, veterinária, e Alexandre Rossi, zootecnista, especialistas em comportamento animal.



    Responda 6 perguntas: você está preparada para ser mãe depois dos 35 anos?


    A maternidade é uma experiência gratificante para a maioria das mulheres, mas também implica um grande investimento de tempo, dinheiro e emoções. Para as mulheres mais velhas, entre 30 e 40 anos, com uma carreira sólida e uma vida já estabelecida, as dúvidas sobre o momento de engravidar são maiores.

    O livro "Concepção e Gravidez Depois dos 35 anos" explica sobre fertilidade e métodos para aumentar as chances de engravidar, mostra o passo a passo da gravidez e ensina como lidar com os aspectos emocionais da maternidade.

    Veja abaixo um trecho do livro que fala sobre o que é preciso avaliar antes de engravidar.

    Você está pronta para ser mãe?

    Como estão sua saúde física e mental?
    Um bebê irritado ou doente e noites sem dormir podem esgotar sua energia, especialmente se você tiver problemas de saúde. Para manter as forças, descanse e passe um longo tempo longe dele.

    Você tem experiência com crianças?
    Os bebês vão do sorriso ao choro angustiado em uma fração de segundo, e sem razão aparente. Se você nunca cuidou de uma criança pequena, poderá se desesperar quando se tornar mãe. Passe algum tempo com mães e seus filhos para desenvolver confiança em sua capacidade de cuidar de um bebê.

    Ter um filho é prioridade para você e seu parceiro?
    A gravidez e a chegada do bebê afetarão o tempo que vocês passam juntos. Se um dos dois estiver menos comprometido com a gravidez, as necessidades do bebê poderão gerar conflitos. Para manter o relacionamento nos trilhos, o ideal é contar com um infra-estrutura confiável.

    Quanta energia você investe na carreira?
    Se você tem um trabalho estressante e dá longos expedientes, pode vir a descobrir que não tem tempo nem energia para cuidar da carreira e do bebê. Tente manejar a vida profissional de modo a poder cuidar de seu filho.

    Dá para incluir uma criança em seus passatempos?
    Os bebês precisam regularmente de comida, troca de fraldas e um local seguro para dormir. Se ir ao cinema, freqüentar museus ou andar de caiaque estão entre seus passatempos prediletos, será preciso alterar sua rotina ou contratar uma babá para estabelecer um equilíbrio aceitável entre vida social e maternidade.

    Você está preparada financeiramente?
    Você e seu parceiro devem considerar o aspecto financeiro da criação de um filho. O bebê vai precisar de roupas, brinquedos, berço, carrinho, cadeirão etc. Peça informações a quem já tem filhos e planeje suas despesas com cuidado.

    "Concepção e Gravidez Depois dos 35 anos"
    Informações detalhadas do planejamento da gestação ao nascimento do bebê
    Autoras: Laura Goetzl e Regina Harford
    Editora: Publifolha

    Fonte: Folha Online
     
    ©2008 Elke di Barros Por Templates e Acessorios